Terapia da Fala

Indicada em todas as alterações de Linguagem, Comunicação, de deglutição e de Interação verificadas desde a infância à velhice.

Através de instrumentos especializados e técnicas de intervenção com evidência científica, o Terapeuta da Fala procede à avaliação, diagnóstico, tratamento e prevenção, de acordo com as necessidades específicas de cada indivíduo.

Nas crianças a maioria das alterações verificadas relacionam-se com a necessidade de desenvolver competências na área da comunicação e os principais Sinais de alerta são:

  • Ausência de fala inteligível aos 2 anos de idade;
  • Dificuldade por parte da criança em compreender o que lhe é dito;
  • Troca de sons/letras quando fala ou quando escreve;
  • Dificuldades na aprendizagem da leitura e/ou escrita;
  • Gaguez persistente;
  • Dificuldades na interação com os colegas ou conflitos, resultantes de dificuldades de fala/linguagem;
  • Rouquidão persistente.

As alterações na comunicação verificadas na fase adulta, na sua maioria relacionam-se com comprometimento de competências anteriormente desenvolvidas devido a situações de doença ou arrastamento de situações não corrigidas desde a infância e os principais Sinais de alerta são:

  • Rouquidão persistente;
  • Gaguez;
  • Dificuldade para falar;
  • Dificuldade em compreender os outros;
  • Dificuldade para se fazer compreender;
  • Dificuldade para se lembrar de palavras comuns;
  • Dificuldade para mastigar ou deglutir alguns alimentos.
  • Alterações de motricidade facial (pós- AVC, cirurgia, doenças degenerativas, etc.)

A comunicação é fundamental para a harmonia biopsicossocial – ao rever-se numa destas situações, estamos ao seu dispor no sentido de contribuirmos para que viva melhor consigo próprio e com os que o rodeiam.