Podologia

Ciência da Saúde que cuida dos pés

Direcionada para a investigação, prevenção, diagnóstico e tratamento das patologias do membro inferior e suas repercussões no organismo.

Podopediatria: o tratamento do pé da criança é de extrema importância para o seu crescimento saudável e harmonioso.

Podogeriatria: ao longo dos anos, com o acumular de agressões é alterações não corrigidas, o pé da pessoa idosa é muitas vezes sujeito a problemas de mobilidade, desconforto e dor que podem ser minimizadas ou resolvidas com a podologia.

Podologia desportiva: as alterações dos membros inferiores, como causa ou limitativas da actividade desportiva, habitualmente benéfica para a saúde, poderá ser mantida com as devidas correcções / adaptações por parte da podologia

Podologia laboral: as longa horas de agressões e sofrimento para os pés inerentes ao dia-a-dia de trabalho são passíveis de correção e adoção de soluções medidas minimizadores de sofrimento e desconforto, para cada uma das situações profissionais, para cada um dos pés.

Podologia Preventiva: Evitar é sempre o melhor remédio, sobretudo perante situações de risco elevado, como é o caso do pé diabético, de comprometimento vascular e metabólico que podem culminar na úlcera do pé ou da perna e na dramática amputação do pé.
A observação e correção sistemática em situações de risco é fundamental.
 
Indicações: hiperqueratoses (calosidades), dermatomicoses (pé de atleta), dores nos pés, entorces frequentes, joanetes, dedos em garra, pé calvo ou plano (chato), dismetrias / heterometrias (membros com tamanhos diferentes), esporão de calcâneo, pé diabético, úlceras, feridas, onicocriptoses (unhas encravadas), onigrifose (unhas espessas), onicomicose (micoses nas unhas), hipohidrose / hiperhidrose (gretas / fissuras).